sexta-feira, 18 de março de 2011

LOBOS FERIDOS MUDAM MEIA EQUIPA

DEPOIS DO DESAIRE DE MADRID OS LOBOS PROCEDEM A MUDANÇAS, das quais a mais importante parece ser o regresso de Pedro Leal à defesa e António Aguilar à ponta, com José Pinto a manter-se no comando das operações.

Mas as mudanças nas linhas atrasadas não ficam por aqui, com a entrada para o XV inicial de Adérito Esteves e Carl Murray, e a passagem de Pedro Silva para segundo centro.

Estas alterações demonstram bem o desagrado da equipa técnica, apenas não se compreendendo que não seja experimentada também uma solução deiferente na camisola 10, já que dificilmente se aceita que havendo um tal desagrado com o funcionamento de toda a linha de 3/4, o seu médio de abertura não tenha sido afetado também.

Assistimos durante a campanha internacional ao que pareceram castigos a jogadores, como no caso de José Pinto que não jogou contra a Georgia, depois de não ter podido por motivos profissionais deslocar-se à Rússia, ou no caso de Pedro Cabral afastado da equipa para o jogo com a Espanha, depois de ter falhado um pontapé aos postes no jogo com a Georgia.

Como compreender então que não se mexa em Joe Gardener que teve nos dois últimos jogos exibições bem abaixo do que se exige a este nível?

O regresso de Leal à camisola 15 e o avanço de Aguilar para a ponta, saúdam-se, como se saúda também a manutenção de Pinto com o número 9.

Mas estranha-se a insistência em não convocar um segundo médio de formação de raiz, antevendo-se que a meio da segunda parte se proceda à subida de Leal , a saída de Pinto e o regresso de Aguilar para a defesa, naquela que está muito longe de ser a melhor solução para a equipa.

Quanto aos avançados apenas se verifica o regresso de Vasco Uva à equipa inicial - a sua ausência em Madrid não se compreendeu muito bem, já que Le Roux está longe dos seus melhores dias - e apenas uma eventual lesão de Tiago Girão pode também, nesta altura, justificar o seu afastamento do grupo dos 22.

Fernando Almeida e Francisco Serra aparecem no grupo final pela primeira vez, e é natural que tenham oportunidade de se estrearem na equipa.

Aqui fica a equipa inicial de Portugal:
Cristian Spachuk, Lionel Campergue, Juan Murré
Juan Severino, Gonçalo Uva
Jacques Le Roux, Julien Bardy, Tiago Girão
José Pinto, Joseph Gardener
António Aguilar, Carl Murray, Pedro Silva, Adérito Esteves
Pedro Leal


E no banco estarão:
Bernardo Duarte, Anthony Alves, Rui D'Orey, Fernando Almeida
Pedro Cabral, Bernardo Silveira, Francisco Serra


Nota:
Acaba de ser divulgada pela FPR (18,45h de sexta feira) uma listagem de jogadores portugueses para o jogo de amanhã, diferente da que fora anunciada ontem.
Nesta nova listagem, o jovem setubalenses Fernando Almeida não estará no banco, sendo o lugar ocupado por Tiago Girão.


VOLTAR A PÁGINA INICIAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário, mas não se esqueça de se identificar.